Foi no ano de 1912 que a escritora americana Eleanor Hodman Porter lançou a novela intitulada Polyanna. A repercussão, na época, no mundo inteiro foi de uma impressionante onda de esperança, entusiasmo e otimismo.

A novela relata a história de uma menina, órfã de mãe, cujo pai encomenda para o natal uma boneca que ela estava pedindo há muito tempo.

Quando chegou a encomenda, contudo, para grande decepção da menina, o embrulho continha um par de muletas. Quando ela começa a chorar, o pai a consola dizendo que ela deve ficar contente. Contente por que? Desabafa ela. Eu pedi uma boneca e ganhei um par de muletas. Pois fique contente por não precisar delas.

A partir daí, o pai, muito sábio, estabelece o que ele chamaria o jogo do contente.

Assim, quando ele morre e Polyanna é entregue aos cuidados de uma tia amarga, carrancuda, exigente, em vez de sofrer com as maldades que ela lhe apronta, Polyanna encontra em tudo um motivo para ser feliz.

O quarto é muito pequeno? Ótimo, assim ela o limpará bem mais depressa.

Não existem quadros na parede, como havia em sua casa? Que bom, assim ela poderá abrir a janela e olhar os quadros da natureza, ao vivo.

Não tem um espelho? Excelente, assim nem verá as sardas do seu rosto.

Mais tarde, ela acabará conquistando para o jogo do contente a empregada e a própria tia, austera e má.

A história que foi continuada em uma outra obra, chamada Polyanna moça, nos remete aos conceitos exarados em o evangelho segundo o espiritismo, a respeito do homem de bem, que “sabe que todas as vicissitudes da vida, todas as dores, todas as decepções são provas ou expiações e as aceita sem murmurar.”

Portanto, nos momentos de graves dificuldades, busquemos os motivos para nos alegrar.

Nosso passeio de final de semana não deu certo, por causa da chuva que caiu torrencial? Alegremo-nos por estarmos em nossa casa, abrigados, e aproveitemos esses dias para uma convivência maior com a família.

A viagem de férias, tão planejada, foi por água abaixo porque o salário não chegou e a gratificação foi menor do que o esperado?

Fiquemos contentes e vamos curtir o cantinho doméstico. Aproveitemos o tempo para conviver com os amigos, sair com os filhos. Conhecer os recantos públicos da cidade, conviver com a natureza.

Viver com alegria é uma arte. Por isso mesmo, preservemos a jovialidade em nossa conduta. Porque um cenho carregado sempre reflete aflição, desgosto e contrariedade. E não faz bem a ninguém.

Destilemos alegria e bom ânimo, irradiando o bem estar que provém de nosso coração.

Alegremo-nos e nos sintamos felizes por viver na terra, especialmente nesta nova era de um novo milênio de tantas esperanças, e colaboremos eficazmente pela concretização do bem nos corações e a paz no mundo, começando pela instalação em nós mesmos.

“O tesouro de um comportamento jovial tem o preço da felicidade que oferece a todas as pessoas.”

Fontes

01. Revista Presença Espírita nº 222 – O Jogo do contente
02. Vida Feliz , Cap. XXXIV
03. O Evangelho segundo o Espiritismo, Cap. XVII, item 3.

Quando encontrar alguém e esse alguém fizer seu coração parar de funcionar por alguns segundos, preste atenção: pode ser a pessoa mais importante da sua vida.

Se os olhares se cruzarem e, neste momento, houver o mesmo brilho intenso entre eles, fique alerta: pode ser a pessoa que você está esperando desde o dia em que nasceu.

Se o toque dos lábios for intenso, se o beijo for apaixonante, e os olhos se encherem d”água neste momento, perceba: existe algo mágico entre vocês.

Se o primeiro e o último pensamento do seu dia for essa pessoa, se à vontade de ficar juntos chegar a apertar o coração, agradeça: Deus te mandou um presente divino – O Amor.

Se um dia tiverem que pedir perdão um ao outro por algum motivo e em troca receber um abraço, um sorriso, um afago nos cabelos e os gestos valerem mais que mil palavras, entregue-se: vocês foram feitos um pro outro.

Se por algum motivo você estiver triste, se a vida te deu uma rasteira e a outra pessoa sofrer o seu sofrimento, chorar as suas lágrimas e enxugá-las com ternura, que coisa maravilhosa: você poderá contar com ela em qualquer momento de sua vida.

Se você conseguir, em pensamento, sentir o cheiro da pessoa como se ela estivesse ali do seu lado…

Se você achar a pessoa maravilhosamente linda, mesmo ela estando de pijamas velhos, chinelos de dedo e cabelos emaranhados…

Se você não consegue trabalhar direito o dia todo, ansioso pelo encontro que está marcado para a noite…

Se você não consegue imaginar, de maneira nenhuma, um futuro sem a pessoa ao seu lado…

Se você tiver a certeza que vai ver à outra envelhecendo e, mesmo assim, tiver a convicção que vai continuar sendo louco por ela…

Se você preferir morrer, antes de ver a outra partindo: é o amor que chegou na sua vida. É uma dádiva.

Muitas pessoas apaixonam-se muitas vezes na vida, mas poucas amam ou encontram um amor verdadeiro. Ou às vezes encontram e, por não prestarem atenção nesses sinais, deixam o amor passar, sem deixa-lo acontecer verdadeiramente.

É o livre-arbítrio.

Por isso, preste atenção nos sinais – não deixe que as loucuras do dia-a-dia o deixem cego para a melhor coisa da vida:

O Amor

Abribuido a Carlos Drummond de Andrade

Eu dizia que não acreditava em amor a primeira vista, que era besteira!

Mas desde a primeira vez que te vi, eu me apaixonei completamente, foi um sentimento único, inexplicável, não sei o que você fez comigo, fiquei perdida com tanto encanto!

Tentei resistir, não me entregar a este sentimento, pois não queria sofrer, só que foi mais forte que eu!

Você, apenas você me fez sentir o que é amor de verdade, um sentimento puro e verdadeiro. Pois quando eu te olhava, te beijava, me sentia a mulher mais feliz e realizada do mundo, você foi meu mundo e ainda é!

Pois eu penso em você todos os dias, quando acordo, quando estou trabalhando, em todos os momentos! Quando deito minha cabeça em meu travesseiro, todas as noites, passa um filme em minha cabeça, pois o pouco tempo que estivemos juntos foi o bastante para eu te amar perdidamente!

Apenas em saber que você existe, já me consola. Quando você me dá um simples Oi, meu dia se torna o mais feliz e repleto de luz! Você deve estar pensando, só por causa de um Oi?? Pois é o ‘’Oi’’ mais importante em minha vida, VOCÊ é tudo em minha vida.

Às vezes fico pensando: “e se eu não tivesse te conhecido?” Eu não estaria sofrendo, ou estaria por talvez, nunca descobrir este sentimento tão forte? Pois é complicado, mas só sei que não consigo mais viver sem você, quero um dia quem sabe, ter a oportunidade de te fazer o homem mais feliz , quero ser a mulher que sempre vai estar ali nos seus momentos difíceis, nos momentos felizes, quero poder acordar todos os dias ao seu lado, te olhar nos olhos e dizer o quanto eu amo você!

Mesmo você não estando ao meu lado, agradeço a Deus por você existir, por ter entrado em minha vida, por me fazer descobrir o amor verdadeiro!

Bom, fiz isso para por um pouco pra fora este sentimento que sinto por você, pois isto não é nem a metade!

Você é a única pessoa que pode me fazer feliz …

Vou te amar para sempre!

By: Seu nome aqui

ELE anda cansado das baladas e dos casos furtivos sem sentimentos. Aprendeu a gostar da própria companhia, sem precisar estar em uma turma de amigos todos os sábados. Decidiu que quer um amor verdadeiro… que pode nem ser eterno, mas que traga um sabor doce às suas manhãs, que seja a melhor companhia para olhar a lua. Que ele possa exibir os seus dons na cozinha e o seu conhecimento em vinhos, só para ela.

Quer uma mulher que ele reconheça pelo cheiro dos cabelos, pelo toque dos dedos, pela gargalhada que vai ecoar pela casa transformando um domingo sem graça, no melhor dia da semana. Quer viver uma paixão tranqüila e turbulenta de desejos… quer ter para quem voltar depois de estar com os amigos, sem precisar ficar“caçando” companhias vazias e encontros efêmeros. Quer deitar no tapete da sala e ficar observando enquanto ela, de short jeans, camiseta e um rabo de cavalo, lê um livro no sofá, quer deitar na cama desejando que ela saia do banho com uma lingerie de tirar o fôlego.

Quer brincar de guerra de travesseiros, até que o perdedor vá até a cozinha pegar água. Quer o poder que nenhum dos seus super heróis da infância tiveram… o poder de amar sem medo, sem perigo e sem ir embora no dia seguinte. Quer provar que pode fazer essa mulher feliz!

ELA quase deixou de acreditar que seria possível ter vontade de se envolver novamente. Foram tantas dores, finais, recomeços e frustrações que pensou em seguir sozinha para não mais se machucar. Então percebeu que a vida de solteira já não está fazendo tanto sentido. Decidiu que quer um amor verdadeiro… que pode nem ser eterno, mas que possa acordá-la com um abraço que fará o seu dia feliz, quer um homem que ela possa cuidar e amar sem receios de que está sendo enganada. Quer a alegria dos finais de semana juntinhos, as expectativas dos planos construídos, o grito de “gol” estremecendo a casa quando o time dele estiver ganhando… a cumplicidade em dividir os segredos.

Quer observá-lo sem camisa, lendo o jornal na varanda… quer reclamar da bagunça no banheiro, rindo e gritando quando ele revidar puxando-a para o chuveiro, completamente vestida.

Quer a certeza de abrir a porta de casa e saber que mesmo ele não estando, chegará a qualquer momento trazendo o brigadeiro da doceria que ela gosta tanto. Quer beijar, cheirar, morder, beliscar e apertar para ter certeza que a felicidade está ali mesmo… materializada nele. Quer provar que pode fazer esse homem feliz!

ELES estão por aí… sonhando um com o outro… talvez ainda nem se conheçam… mas é só uma questão de tempo, até o destino unir essas vidas que se complementam e estão ávidas para amar e fazer o outro feliz. Ou alguém duvida que o universo traz aquilo que desejamos?

Quando estou do teu lado tudo fica tão perfeito.

A cada abraço teu me sinto tão segura, a cada carinho, beijo e risadas que tu me proporcionas, me sinto tão bem.

E desde que te vi pela primeira vez, quando tu vieste falar comigo, senti uma sensação tão boa, tipo um frio na barriga que nunca senti com ninguém, e desde então já senti que tu ias me fazer tão feliz como já está fazendo.

Daquele dia em diante sinto isso quando te vejo e é um sentimento que vem aumentando cada vez mais.

Só com você senti o que é amar e soube o que é se sentir amada.

Te amo muito!