Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas.

É deixar a preguiça de lado e se tornar o(a) autor(a) da própria história.

É trilhar um caminho para depois ter o que falar de si mesmo(a).

É não ter medo dos outros e cair na arena pra lutar pelo que se quer.

Só tem história pra contar quem vive a própria história.

E uma história não se vive na frente da TV ou do computador.

A verdadeira história de vida se vive na rua,

onde tudo está acontecendo agora.

Deixe o seu comentário: